Hoje está liberado!

Dulce de leche!

Existe marca registrada argentina mais forte do que essa ao lado das carnes e alfajores?

Pois então, hoje é o “Dia do Doce de Leite”! E isso demonstra o grande orgulho que os hermanos tem sobre seu produto. Quer outra prova? Ele forma parte do Patrimônio Cultural Gastronômico Argentino.

Segundo a reportagem de hoje do jornal “El Argentino”, vários países dizem que são os inventores.

Alguns relatos contam que no Chile, o general José de San Martín o degustou em sua estadia e que logo o doce passou a ser encontrado em Mendonza e depois em Buenos Aires.

Na França dizem que a descoberta foi acidental e que ocorreu na campanha Napoleônica. Os veteranos recebiam diariamente uma ração de leite quente açucarado. Um cozinheiro que o estava preparando, abandonou a panela com o leite e o açúcar no fogo e, ao ferver, se transformou em doce de leite. O cozinheiro entrou na história francesa como seu inventor em 1815.

Na Argentina existe um relato popular e lendário que data a sua invenção em 1829. Nessa época estava prestes a ser assinado um tratado de paz entre o governador Juan Manuel de Rosas e o seu inimigo político Juan Lavalle numa fazenda do governador, na localidade de Cañuelas (na perifería de Buenos Aires). Lavalle foi o primeiro a chegar e, cansado, deitou-se na cama de Rosas e adormeceu. A criada de Rosas, enquanto fervia o leite com açúcar (preparação conhecida nessa época como ‘lechada’) para acompanhar o chá da tarde, encontrou-se com Lavalle dormindo na cama do patrão. Ela considerou uma insolência e foi avisar os guardas.

Pouco tempo mais tarde chegou Rosas, quem não ficou chateado com Lavalle e pediu à criada o chá com leite. Esta lembrou nesse momento que tinha abandonado o leite com açúcar ao fogo, deixando esquentar durante muito tempo. Ao regresar, a criada encontrou uma substância espessa e amarronada. Seu sabor agradou Rosas e contam que compartilhou o doce com Lavalle enquanto discutiam os pontos do tratado, dando assim origem acidental ao doce de leite. É uma história simpática, mas não há comprovação de que isso realmente ocorreu.

Não sei a origem mas aqui com certeza é “O PAÍS” do doce de leite. Ele pode estar presente em todas as refeições se depender dos restaurantes, padarias, supermercados e banquinhas de doces (os famosos “Kioscos”).

Olha a estante do supermercado...

Existem várias marcas a venda nos supermercados, o famoso Havanna nas lojas da marca, o da sorveteria Freddo e por aí vai. O vencedor absoluto daqui de casa é o ” Dulce de Leche Estilo Colonial” da marca “La Serenisima” facilmente encontrado em qualquer supermercado. O custo benefício dele é ótimo: cerca de 15 pesos o pote de 1kg (outubro de 2011).

Em segundo lugar vem o “La Salamandra” também muito famoso, porém mais caro que o primeiro. Há uma loja só desta marca em Palermo, que além do pote, há uma calda de doce de leite, docinhos e tortas que contam como ingrediente principal, a estrela da casa! Ainda não fomos conhecer mas assim que possível, farei um post sobre o local.

Há também todo um questionamento sobre “qual é o melhor sorvete de doce de leite”. Sinceramente?Não sei! Gosto é gosto! E na dúvida, prove quantos puder e faça sua própria escolha!Garanto que será muito mais divertido do que ir pelo pensamento dos outros!

Anúncios