Acabe com frio antes que ele acabe com você!

E o frio chegou com força total!

Apesar de todos os argentinos insistirem que está fresco, para a brasileira aqui um alerta de possibilidade de neve(diga-se de passagem um alerta um pouquinho exagerado mas que todos torceram para que fosse verdade) não indica que esteja somente fresco… Tá frio pra caramba e pronto!

Essa semana, o Clarín publicou uma reportagem na seção “Entre Mujeres” onde ensinava como se vestir pra se proteger desse frio todo (sem parecer que colococamos todas as roupas que temos no armário).

Reprodução

Interessou-se? Então vamos as dicas de como não virar um pinguim!

Segundo a reportagem devemos nos vestir por camadas sendo que cada uma delas tem um significado e função própria. Podem ser combinadas de diferentes formas de acordo com as condições climáticas, suas necessidades ou a atividade física que esteja praticando.

Camadas básicas

  • Interior: é a que está em contato com a pele. Sua função é manter a umidade afastada da pele. A reportagem sugere a utilização de roupas de material sintético (como poliéster ou polipropileno) e evitar o uso do algodão, já que este é uma fibra natural que absorve completamente a umidade do corpo e demora muito para secar. O exemplo dado é: quando entramos na estação do metrô estamos submetidos a uma baixa temperatura. Dentro do metrô é quente, transpiramos e quando saímos temos a camiseta molhada e sentimos frio, mesmo com inúmeros casacos. Os materiais sintéticos deixam passar a umidade corporal e além disso secam rápido.
  • Intermediária: Sua função é pegar o ar frio que vem do exterior e não permitir que alcance a pele. Também se recomendam malhas sintéticas porque mantem suas propriedades mesmo quando úmidas. São mais leves e dão mais liberdade ao movimento. Além disso, a camada deve ser corta vento, já que a ação deste é um dos principais fatores que contribuem com a diminuição da temperatura corporal (sabe aquele ventinho que parece gelar até a alma mesmo com quilos de roupa?Então…).
  • Externa: Tem como função cobrir e proteger as outras camadas. Deve ser impermeável (para proteger da chuva), respirável (para deixar escapar a umidade do corpo) e corta vento. Geralmente se conhece como “outerwear”.

Lembrando sempre que aqui em Buenos Aires a grande maioria dos locais fechados (restaurantes, bares, lojas) possuem calefação (aquecimento) e portanto, atenção as roupas usadas por baixo do casaco já que é bem provável que você tenha que retirá-lo.

Vou provar essa semana pra ver se as dicas realmente tem efeito. Tentem também e me avisem qual foi o resultado!

Fonte: http://www.entremujeres.com/moda/ropa/campera-abrigo-ropa-antifrio_0_529747097.html


Anúncios