Passagem relâmpago por Montevidéu

Continuando com os posts do Uruguai, hoje vamos a uma passagem relâmpago por Montevidéu.

Tínhamos um dia para conhecer a cidade e infelizmente nesse dia chovia muito e fazia um frio impressionante (juro que nunca senti tanto frio na vida). Isso atrapalhou um pouco nosso passeio, não pudemos conhecer bairros mais afastados como o famoso Pocitos e ficamos bem restritas ao centro da cidade. Acontece, é difícil prever esse tipo de coisa já que compramos a passagem com muita antecedência. Mas isso não significa que não nos divertimos! Quando a companhia é agradável e os gostos são parecidos, até mesmo um banho de chuva vira uma crise de risos de doer a barriga!

Minha amiga já conhecia Montevidéu e por isso ela me mostrou os locais turísticos. Fiquei com a missão de nos alimentar e encontrar cafés e restaurantes. Mas isso é tema pra outro post. Durante minhas pesquisas, encontrei esse site bem legal de uma brasileira que vive por lá, chamado Uruguay por uma brasileira. Tem dicas de hotéis, restaurantes, passeios, vale a pena dar uma conferida!

Enfim, vou lhes contar e mostrar algumas fotos dos principais pontos turísticos.

Nos hospedamos perto da Plaza Independencia, situada no final da Avenida 18 de Julio. A praça fica no limite entre a Cidade Velha e a área central, anteriormente conhecida como Cidade Nova (Ciudad Nueva). É um ótimo lugar porque engloba vários pontos turísticos ao mesmo tempo.

Plaza Independencia Montevidéu Uruguai

No centro da praça está a estátua de José Gervasio Artigas, herói nacional. No subsolo há o mausoléu onde se conservavam seus restos mortais em uma urna.

Estátua de José Gervasio Artigas Plaza Independencia Montevidéu Uruguai

Estátua de José Gervasio Artigas Plaza e ao fundo a Torre Executiva, edifício em que funciona a sede da presidência do Uruguai.

Na esquina com a Avenida 18 de Julio está o Palácio Salvo. Quando foi construído era o edifício mais alto da América do Sul.

Palácio Salvo Plaza Independencia Montevidéu Uruguai

Na praça localiza-se a Puerta de la Ciudadela (Porta da Cidadela). Até 1829 a Cidade Velha estava rodeada por uma muralha que protegia a cidade de possíveis invasões. Hoje em dia essa muralha não existe mais mas ainda encontramos a Puerta de la Ciudadela, emblema da antiga Mondevidéu fortificada e foi construída a partir de 1742. A Porta é o que sobrou do portão que servia de entrada para a cidade

Marca o início do Peatonal Sarandí que conduz ao centro da Cidade Velha. De uso exclusivo dos pedestres, o Peatonal Sarandí, é um calçadão que concentra livrarias, lojas, cafés. Trocamos nosso dinheiro em uma casa de câmbio localizada bem no início dessa rua (pertinho da Puerta) e o câmbio era um dos melhores que encontramos (mas a avenida 18 de julho também possui várias casas de câmbio).

Puerta de la Ciudadela Plaza Independencia Montevidéu Uruguai

Ali pertinho também encontramos o Teatro Solis, terceiro teatro mais antigo da América do Sul. Não fizemos a visita guiada pois não estava disponível (era uma segunda-feira), mas para maiores informações de dias e horários das visitas, clique aqui.

Teatro Solis Montevidéu Uruguai

Seguindo pelo Peatonal Sarandí, chegamos a Plaza Constitución onde está localizada a Catedral Metropolitana de Montevideo, principal igreja católica da cidade de Montevidéu.

Plaza Constitución e Catedral Metropolitana de Montevideo Montevideo Uruguai

Catedral Metropolitana de Montevideo Plaza Constitución Montevidéu Uruguai

Na torre há uma espécie de relógio informando em qual período estamos (Páscoa, Pentecostes, Quaresma…)

Catedral Metropolitana de Montevideo Plaza Constitución Montevidéu Uruguai

Quando a chuva nos deu uma folga, caminhamos um pouco pela Av.18 de Julio e encontramos com uma curiosa fonte localizada em frente a um famoso café: vários cadeados com iniciais de casais apaixonados, como na “Pont des Arts” em Paris.

Avenida 18 de Julio Montevidéu Uruguai

Avenida 18 de Julio

Avenida 18 de Julio Montevidéu Uruguai

Infelizmente não pudemos ir até a Rambla de Pocitos, para conferir o visual do Rio de La Plata e o por do sol (que dizem que é incrível).  Lá também estão concentrados vários restaurantes e cafés bem famosos.

Com certeza teremos que voltar, com mais tempo e com menos chuva! Ficamos devendo a vocês um post mais completo,ok?

Para maiores informações sobre o que fazer em Montevidéu, veja esse post completíssimo do Viagem na Viagem.

Anúncios