As construções mais imponentes de BsAs

Se tem uma coisa super comum ao andar por Buenos Aires, é caminhar olhando pra cima. Explico: a cidade tem uma arquitetura lindíssima com edifícios super emblemáticos, cheios de detalhes e de histórias. No post de hoje listo alguns dos meus preferidos.

* Palacio de Aguas Corrientes

Sempre chamou a nossa atenção quando vínhamos a Buenos Aires a passeio e demoramos a descobrir o que se tratava. é um edifício lindo, cheio de detalhes, muito imponente.

Foi inaugurado em 1894 para alojar tanques de fornecimento de água corrente para Buenos Aires. Tudo isso porque a cidade enfrentava problemas de saúde pública como cólera, difteria e febre tifóide. Tem capacidade para 12 enormes tanques de água. É considerado um Monumento Histórico Nacional. O Túlio do Aires Buenos fez um post sobre a construção.

Onde: Avenida Córdoba nº 1950 – Balvanera.

Aberto a visitação? Sim! De segunda a sexta de 9h as 13h. A entrada para visitação fica na Calle Riobamba nº 750.

Foto: Panoramio

* Palacio Barolo

Foi construído pelo arquiteto italiano Mario Palanti a pedido do empresário têxtil Luis Barolo. Inaugurado em 1923, foi considerado o edifício mais alto (sua altura é equiparável à de um vigésimo quarto piso) da cidade e da América do Sul. Foi destituído do primeiro lugar quando o Edifício Kavanagh foi construído. O edifício está cheio de analogias e referências à Divina Comédia (Mario Palanti tinha grande admiração por Alighieri).

Em 1997 foi declarado Monumento Histórico. Atualmente funcionam uma série de escritórios no edifício.

Onde: Av de Mayo 1370 – Monserrat

Aberto a visitação? Sim. Há visitas diurnas ou noturnas. Para maiores informações: www.palaciobarolotours.com.ar

* Palacio Kavanagh

Inaugurada em 1936, desbancou o Palacio Barolo como o edifício mais alto da América do Sul. Além disso foi o primeiro edifício de Buenos Aires que contou com ar condicionado central. Desde 1999 é considerado Monumento Histórico Nacional pela UNESCO.

Mas o que torna esse palácio mais famoso é uma fofoquinha sobre o porque de sua construção. Dizem por aí que Corina Kavanagh, que pertencia a uma família bem rica, pediu para que o edifício fosse construído para se vingar de um romance não aceito entre uma de suas filhas e um jovem da família Anchorena (sobrenome ilustre na Argentina). Contrariada pela oposição dos Anchorena, Corina se ressentiu e quis esconder a Igreja do Santíssimo Sacramento que os Anchorena construíram em 1920 para utilizar como sepulcro familiar. O único pedido que Corina fez aos arquitetos foi que o edifício tapasse a basílica. O pedido foi realizado ao pé da letra e hoje em dia para poder ver a frente da igreja a única alternativa é ir até o Pasaje Corina Kavanagh que também pertence ao edifício. Nunca duvida da ira de uma mulher…

Onde?Calle Florida n.º 1065 (em frente a Plaza San Martín) – Retiro.

Aberto a visitação? Não possui visitas guiadas.

* Teatro Colón

Com certeza é o mais conhecido e famoso de todos. Começou a ser construído em 1889 e terminou em 1908.  É um dos teatros de ópera mais importantes do mundo, por seu tamanho, sua acústica (dizem que é perfeita) e sua trajetória. É considerado um dos 5 melhores teatros do mundo! Veja o post que fizemos sobre ele aqui.

Onde: Tucumán 1171 – Centro

Aberto a visitação?  Sim. Todos os dias, inclusive feriados (exceto 01 de Maio, 25 de Dezembro e 01 de Janeiro). Para maiores informações: www.teatrocolon.org.ar/pt/

Teatro Colón Centro Buenos Aires Argentina

 

* Facultad de Derecho y Ciencias Sociales

Pertinho de pontos turísticos famosos como a Floralis Generica, o Museu Nacional de Belas Artes e o Cemitério da Recoleta está a imponente faculdade de direito e ciências sociais da Universidade de Buenos Aires (UBA), construída em 1949.

Onde? Avenida Figueroa Alcorta 2263 – Recoleta. 

Aberta a visitação? Não possui vistas guiadas. A maioria das pessoas tira uma foto nas escadarias e dá uma espiadinha no hall central.

Facultad de Derecho UBA Recoleta Buenos Aires

* Catedral Metropolitana

É o principal templo católico da Argentina. Foi fundada em 1580. Passou por uma série de demolições e reconstruções até chegar a atual (que acredite se quiser, é a sétima versão construída no mesmo terreno). Veja o post que fizemos sobre a catedral aqui.

Onde: Av Rivadavia com San Martín, em frente a Plaza de Mayo.

Aberta a visitação? Sim. A catedral fica aberta de segunda a sexta das 7:30 as 18:30 e sábados e domingos de 9 as 19h. Visitas guiadas de segunda a sexta as 11h. Para maiores informações: www.catedralbuenosaires.org.ar/

Catedral Metropolitana Plaza de Mayo Buenos Aires

* Galerías Pacífico e Abasto Shopping

São shoppings mas tem uma arquitetura lindíssima.

– Galerías Pacífico: criada no fim do século XIX, seguindo influências do Bon Marché de Paris, era o Bon Marché Argentino. Um lugar que ofereceria as últimas tendências da moda mundial. Em 1989 foi declarada Monumento Histórico Nacional. A galeria como conhecemos hoje foi inaugurada em 1992.

Ondecruzamento da Av. Cordoba com a Calle Florida.

Aberta a visitação: além da visitação como shopping e da galeria de arte no último andar (Centro Cultural Borges), há uma visitação guiada! Nela contam a história da galeria, do edifício, dos murais e dos artistas. Acontece de segunda a sexta as 11:30 e as 16:30, na cúpula central. Duração de 20 minutos. Para maiores informações: www.galeriaspacifico.com.ar/arte-visitas.php

– Abasto Shopping: na construção original funcionava o Mercado de Abasto  proveedor de Buenos Aires , que provia frutas e verduras. O mercado deixou de funcionar em 1984 e o edifício se manteve sem uso durante anos até que em 1998 foi convertido em um shopping. 

Onde: Avenida Corrientes 3247 (entre calle Aguero e T.M. Anchorena).

Aberto a visitação? Não possui visita guiada.

Galerias Pacifico e Abasto Shopping Buenos Aires

Atualizado com dicas dos leitores:

* A Lu, do Buenos Aires da Lu, lembrou do Congresso. É uma construção lindíssima, bem impactante mesmo. Foi projetado entre 1898 e 1906 para sediar as reuniões do Senado e da Câmara dos Deputados. Está situado na Plaza del Congreso, no fim da Avenida de Maio. As estátuas e esculturas que o adornam foram adicionadas em 1946.

Onde:  Hipólito Yrigoyen 1835.

Aberto a visitação? De acordo com a Lu há visitas guiadas: segunda, terça, quinta e sexta as 10h, 12h, 16h e 18h. As visitas são suspensas quando a Câmara de Deputados estiver em sessão. Para maiores informações: http://www.argentinavirtual.educ.ar/localhost/solo_texto/congreso.html

 

Congreso Nacional com a estátua “O pensador” de Rodin Foto: reprodução

Alexandre nos deu várias dicas:

– Palacio Anchorena (Palacio San Martín), ali na Plaza San Martín (se você já visitou a praça, com certeza já reparou no portão belíssimo). Foi desenhado para a família Anchorena (olha eles aí outra vez!) e construído a partir de 1909, sendo inaugurado para a comemoração do centenário da declaração de independência argentina. Durante esses anos foi conhecido popularmente como Palacio Anchorena até que em 1936 foi adquirido pelo governo argentino e se converteu na sede do Ministério de Relações Exteriores, passando a se chamar Palacio San Martín. É considerado um Monumento Histórico Nacional.

Onde: San Martín 940 – Retiro (em frente a Plaza San Martín).

Aberto a visitação? Sim, as quintas-feiras as 15h. Em inglês e espanhol. Para maiores informações: www.mrecic.gov.ar/es/palacio-san-martin

 

Foto: reprodução página oficial Palacio San Martín

– Galería Güemes: Inaugurada em 1915, foi considerada por muitos como o primeiro arranha-céu de Buenos Aires, com 87 metros de altura.

Em 1987 a galeria foi reconhecida pelo Museo de la Ciudad como “testemunho vivo da memória pública”. Em 2010 foi aberto ao público o mirante da Galería Güemes, permitindo aos visitantes uma vista em 360 graus de Buenos Aires.

Onde: Florida 165 – San Nicolas

Aberto a visitação? Sim. Segunda a sexta de 9:20 a 12hs / 15 a 17:40hs (visitas saem de 20 em 20 minutos). Valor: $20 pesos. Capacidade máxima de 25 pessoas por grupo (menores de idade devem estar acompanhados por um adulto). Para maiores informações: www.galeriaguemes.com.ar/mirador

Foto: Clarín

Com certeza esqueci de citar algum. Quem lembrar de outros ou quem já fez alguma das visitas guiadas, deixe um comentário pra gente, ok?

Anúncios