Aprendendo espanhol com música: porque aprender cantando é muito mais divertido

Alguns dos posts que mais fazem sucesso por aqui são os com dicas de espanhol (pra quem perdeu os anteriores, na categoria “Guia de Sobrevivência” tem vários posts desse tema). Pois bem, uma das formas que mais me ajudou a aprender (e ainda ajuda!) é escutando pessoas falarem o idioma. E quer forma mais prazerosa do que escutando música? Pois bem, no post de hoje vou apresentar alguns dos cantores/bandas preferidos para aprender o idioma dos hermanos.

Vocês irão perceber que nem todos são argentinos, mas todos são ótimos para se acostumar com a língua. Há variações de um país para o outro, algumas palavras e detalhes da pronúncia. Portanto se o foco é aprender o castellano como falado na Argentina, dê mais atenção aos cantores/bandas de lá,ok? (porém quando fui a Montevideo, Uruguai achei o castellano bem parecido com o da Argentina).

* Julieta Venegas

A cantora nascida em Los Angeles, California cresceu e viveu toda a sua infância no México.

Saindo do circuito Ricky Martin e Shakira, Julieta Venegas foi a primeira cantora que escutei quando cheguei em Buenos Aires. Era uma coisa louca, o cd Acústico MTV dela no repeat do iPod pra dar aquela treinada no ouvido, pra tentar aprender algumas pronúncias (apesar de não ser exatamente a utilizada na Argentina, tem muitas coisas parecidas).

Provavelmente ficou mais conhecida no Brasil devido a sua parceria com Marisa Monte nessa música aqui. Ela também participou do acústico do Lenine nessa música aqui.

* Abel Pintos

Queridinho daqui de casa, já contei um pouco sobre ele nesse post aqui. Cantor argentino de sucesso (todos os shows esgotam e precisam abrir novas datas para atender a todos os fãs), simpatia de pessoa e super talentoso. O primeiro cantor argentino a entrar nas nossas playlists quando chegamos a BsAs.

* Jorge Drexler

O cantor e compositor uruguaio (e também médico!) ficou mundialmente conhecido pelo Oscar de melhor canção original pela linda “Al otro lado del río” do filme “Diários de Motocicleta”, em 2005. Vale ressaltar que foi a primeira música em espanhol a vencer nessa categoria. A premiação, polêmica, não permitiu que o cantor interpretasse a música e chamou o ator Antonio Banderas (!) para interpretá-la. Ao vencer o prêmio, Jorge não agradeceu, apenas cantou um trecho de sua canção.

Além dessa música, adoramos outras como “Salvapantallas”.

* Calle 13

É um trio de música urbana, rap alternativo e pop latino de Porto Rico. É composto por René Pérez (vocalista e letrista, conhecido por Residente), Eduardo Cabra (compositor e instrumentista, conhecido por Visitante) e Ileana Cabra Joglar (vocalista, conhecida por PG-13). Começou como um grupo de reggaetón e com o passar dos anos foi abordando vários estilos musicais. As letras são geralmente satíricas e politizadas e abordam assuntos socioculturais da América Latina.

Uma das músicas mais conhecidas, Latinoamérica, tem a participação da cantora Maria Rita.

Outra bem conhecida é a música tema da ótima animação argentina “Metegol” (em português “Um time show de bola”).

* Árbol

Banda de rock alternativo formada em 1994 em Buenos Aires. A banda (que terminou em 2010) se caracterizava por suas letras simples e por misturar vários ritmos e instrumentos.

Conhecemos por amigas das minhas irmãs, por essa música aqui:

E essa serve para quem quer aprender um pouco de expressões, digamos assim, mais ofensivas…

* Soda Stereo

Banda de rock argentina, formada em Buenos Aires em 1982 e que terminou em 1997. Considerada uma das bandas mais importantes da história do rock ibero-americano. Aclamada pelos fãs, em 2007 o grupo se reuniu para realizar uma única turnê que reuniu mais de um milhão de fãs.

Conhecíamos pela música mais famosa a “De música ligera” (que no Brasil foi gravada pelos Paralamas do Sucesso como “De música ligeira” e pelo Capital Inicial como “À sua maneira”). Sabíamos da fama da banda, de todos os fãs e da importância na Argentina, mas a reconhecíamos mais devido ao vocalista Gustavo Cerati e toda a sua história. Acontece que com o fim da banda, o vocalista seguiu em carreira solo e em 2009 ao apresentar-se em Caracas, Venezuela, sofreu um acidente vascular cerebral que o pôs em coma. Acompanhamos todo o processo, os jornais acompanhavam a história de perto ano a ano. Ano passado (no dia 4 se setembro) o músico faleceu por uma parada respiratória, aos 55 anos de idade. A mobilização foi enorme, homenagem por todos os lados (até nos letreiros do metrô). A partir disso, criei vergonha na cara e fui pesquisar mais sobre o trabalho, tanto da banda como da carreira solo. Desde então entendi o sucesso e entrou na minha playlist.

O motivo de muito se referirem a BsAs como “la ciudad de la furia”:

Aqui o link do show completo da última turnê.

https://www.youtube.com/watch?v=uLIs0j2WnlM

* El Cuarteto de Nos

Banda de rock formada em 1980 no Uruguai. É considerada uma das mais importantes do rock uruguaio, aborda questões do cotidiano de forma crítica e bem humorada.

Por último, porém não menos importante. Na verdade é a preferida da família. Descobrimos há pouco tempo e não sai do nosso Spotify. As letras são muito boas e te fazem pensar em algumas questões. Várias músicas preferidas, tentarei selecionar algumas pra mostrar pra vocês (mas ando meio viciada no último cd “Habla tu espejo”).  Aqui o nível é um pouco mais avançado porque é uma letra mais rápida (por isso vou colocar vídeos com a letra).

Tem alguma dica de cantor/banda? Conta pra gente! =)

Anúncios